Deputado Major Araújo questiona a exploração política na prisão do suposto Serial Killer. Segundo o parlamentar não houve respeito com relação às famílias das vítimas


Major Araújo destaca a diferença entre os militares do Ceará e de Goiás: “No Ceará os militares estão decidindo as eleições, devemos votar contra aqueles que não nos atenderam. Em Goiás os militares estão votando por vantagens pequenas, que só terão valores enquanto estiverem na ativa, quando forem para a reserva ficarão jogados às traças”.


Militares votam naqueles que os oprimem. Vários projetos  prejudiciais aos militares serão enviados  em breve para a Assembleia como o reparcelamento  do aumento de 18, 5%,  alteração na promoção ao posto imediato ao passar para a reserva, alteração nos critérios de promoção (aumento de interstício) e serão aprovados por parlamentares que receberam os votos da categoria.


Parecer do MP é contrário a realização do CHOA. Para o Deputado Major Araújo é preciso implantar a Carreira Única na PMGO para que a mudança de carreira ocorra de forma legal, através de concurso público


Major Araújo orienta os militares a comunicarem de forma oficial sobre a falta de efetivo ou de condições de trabalho para se resguardar


Veja o pensamento deste governador em relação ao policial militar durante entrevista na TV Anhanguera. Você concorda com ele? Você militar, que se dedica durante 30 anos para a corporação acredita que se aposenta cedo? Além disso, mas grave do que este pensamento, são as denúncias que chegaram em nosso gabinete, que assim, que passar a eleição duas minutas entrarão em vigor na PMGO: A primeira visa acabar com a promoção ao posto imediato e a segunda aumentando os interstícios das promoções. Estas denúncias, que foram encaminhadas por policiais junto à SSP, demonstram a gratidão de Marconi Perillo.