Veja neste vídeo as considerações do Deputado Major Araújo a respeito do projeto de lei que dispõe sobre a convocação dos militares da reserva para o serviço ativo. O projeto original foi emendado pelo líder do governo com algumas alterações confira nos links abaixo: 


“O Estado de Goiás não tem dono. Eu não aceito ordens de coronel da política.” Através de Agravo de Instrumento conseguimos cassar uma liminar concedida ao Governador Marconi Perillo determinado que fossem retiradas postagens com críticas e denúncias, que fizemos contra o mesmo. Parabens ao Desembargador Carlos Alberto França que com sua decisão dignifica a justiça goiana.



Se você estava esperando uma resposta para comparecer na Assembleia Legislativa. Veja o que o vice-governador falou sobre a PEC 3548.


A insegurança no Estado de Goiás chegou a um ponto que o juiz da cidade de Fazenda Nova se sentiu na obrigação de absolver uma pessoa acusada de porte ilegal de arma.


Ultimamente tenho questionado de onde vem tanto dinheiro para o governador pagar advogados caros e processar deputados.


O governador de Goiás e demais governadores em reunião com o Presidente Michel Temer reclamaram pelo fato dos militares ficarem de fora da reforma da Previdência.


Não sou contra a nenhum benefício para o servidor público mas chamei a atenção do líder do governo sobre as emendas que ele faz.


Eu faço a minha parte amparado pelo apoio dos goianos. Já outros... vejam a palavra do líder do governo, que nem leu o pedido de impeachment e já decidiu. Qual é o critério para se julgar um impeachment em Goiás? E o pior, o líder disse que acredita na conduta ilibada do governador. Será que ele assistiu o Jornal Nacional? 

Alerto os servidores e a sociedade sobre a Pec da Maldade nº 3548 que está na Assembleia Legislativa e deverá entrar na pauta na próxima semana.


Governador do Estado de Goiás vira réu na Operação Lavajato depois da divulgação da lista de Fachin.


Vamos mobilizar a população do Estado de Goiás para não permitir que a Assembleia Legislativa negue a autorização que investigará o Governador Marconi Perillo.


Momento em que um dos delatores da Odebrecht confirma a participação de Marconi Perillo - vulgo Casero, Patati e Padeiro. O nome você escolhe, mas é uma palhaçada o que este corrupto fez. Ainda há outras delações. Cadeia nele!

Mais uma vez Marconi Perillo envergonha Goiás figurando nas principais manchetes nacionais, agora oficialmente, como réu no processo da Lavajato. Esperamos que o julgamento seja celere e o leve para cadeia. Segundo os delatores da Odebrecht ele recebeu r$ 8 milhões em forma de propina.


Major critica redução de policiais: "Malandragem de Marconi"

Major Araújo (PRP) criticou a intenção do governador Marconi Perillo (PSDB) em reduzir o contingente de policiais no estado de Goiás. A notícia contendo a informação foi divulgada pelo jornal O Popular desta quinta-feira (5) e gerou indignação dentre a população.

Ele diz acreditar que Marconi atingiu o ápice da malandragem com a intenção. “Ele quer reduzir o número de efetivo, pois acredita estar imune à violência. O tucano atingiu o ápice da malandragem ao ajudar bandidos, reduzindo o efetivo da PM. Enquanto isso, a violência atinge os goianos, que se sentem expostos e o pior, reféns de um malandro, que está no governo”, criticou o parlamentar.

FONTE: http://goiasreal.com.br