Major Araújo fala sobre o salário dos militares de Goiás no Programa SOS Segurança.

12 comentários:

  1. Sr. major como representante do povo, agora o Sr. está no lugar certo e pode falar, pode criticar
    nossos salarios, e mais pode expor esse problema para a sociedade, porque a Policia militar é tao maltratada, sendo que é a primeira em preservar a vida, a integridade fisica do cidadão, e do patrimonio.Porque o olhar que olha o oficial, nao pode ser o mesmo para os praças, A sociedade requer uma força de segurança com qualidade, e isso se conquista com funcionarios bem remunerados, e valorizados.

    ResponderExcluir
  2. Conheci o Major quando eu trabalhava no CIAE, esse homem me mostrou muito ético e firme no seu posicionamento, sou da policia tecnico científica e sou eleitor do Major Araújo!!!

    ResponderExcluir
  3. Sd Chagas CPMG Anápolis3 de outubro de 2010 17:14

    Parabéns Major Araújo, a sua conquista também é a nossa, que Deus guie teus passos e lhe dê a sabedoria necessária para lutar pelos interesses de nossa corporação, porque coragem de enfrentar as adversidades sabemos que o senhor já possui.

    ResponderExcluir
  4. Vagabundo que usa o nome de SOCIEDADE, meu nome não é osso para estar em boca de cachorro . Quado vc usar o seu verdadeiro nome e olhar no meu olho eu te respondo tecnicamente. Por enquanto vai estudar mais e se informar sobre esse assunto.... Ass
    Ricardo Alves Mendes Major QOPM
    CAVEIRA 09/1997

    ResponderExcluir
  5. Atenção praças e Major Araújo estão articulando para acabar com o CHOA. Alguns oficiais (entre eles um QOA de Rio Verde) estão articulando um projeto para levar à assembléia (e eles tem peixes) para acabar com o CHOA, quem foi, foi, os outros teóricamente terão que competir com os civis ao CFO. Como um antigão fará curso com jovens de 18-20 anos... é o fim da esperança para os praças que almejam um dia ao oficialato. Isso ouvi de um oficial (um dos responsáveis). Major Araújo nosso defensor favor investigar o assunto e nós dar um esclarecimento.

    ResponderExcluir
  6. SR.Maj.Araújo gostaria de ver postado, algo sobre a reforma especial de policiais militares/go, aos 25 de serviços prestados.recebi a informação de um oficial que a administração(dp.pessoal)não está nem recebendo os requerimentos.O assunto em questão,deliberado pelo pelo STJ/SP MI.755-1 e STF,(rel.Min.Eros Grau).Gostaria que o sr.se manifestace arrespeito.Grato e boa sorte.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo!
    A discussão em torno da aposentadoria de militar aos 25 anos, originou com a decisão do STF, que decidindo caso concreto no Estado de São Paulo, julgou procedente pedido de aposentadoria aos 25 anos formulada por PM daquele Estado. Ocorre que naquele Estado não há regras específicas tratando de aposentadoria de militar, ou seja, eles são regidos pelo Regime Geral de Previdência Socisl-RGPS, não gozando de aposentadoria especial conformemente ocorre em nosso Estado. Que diga-se, no tocante a inatividade possui arcabouço legal próprio, já dispondo, portanto, sobre "aposentadoria especial". Entretando, não se há olvidar os mandamentos esculpidos no § 4º, do Art. 40, da CF, cuja redação aduz que Lei Complementar (Federal) definirá sobre atividades de risco, (inciso II). Portanto, como ainda não houve edição desta Lei Complementar, mas o Estado de Goiás, já haver legislado sobre a matéria, não podendo, assim, negar validade a esses atos normativos, fora solicitada consulta à PGE, buscando orientações jurídicas para a Corporação em face dessa questão.

    VILMAR.

    ResponderExcluir
  8. BUTNEGRO
    Bom dia, sou policial militar do entorno e como todos indignado com a forma pela qual recebemos nosso salário, pago como migalhas, até quando seremos tratados com indiferença? Cada governo que assume nós sofremos ainda mais com perdas salariais, não temos data base definida, toda vez que fazem reajuste salarial para a classe policial militar, tem a interferência dos clubes que supostamente defendem os interesses de seus associados reunindo de portas fechadas com governador e secretário de segurança pública, definindo um reajuste tão ínfimo que tenho vergonha de relatá-lo, com isto mitigam nosso salário, frente aos aumentos exacerbados dos preços dos alimentos, combustíveis, enfim do custo de vida que está fugindo de nossos padrões, se continuar assim, retroagiremos no tempo, visto como maltrapilhos famintos e fardados, É A REALIDADE! Portanto Major Araújo se realmente o Sr. lê seu Blog, quero aqui dizer para que o Sr. se posicione em favor de um aumento urgente aos policiais militares de Goiás, e que o Sr. não seja visto como o outro deputado que nada fez pela classe que o elegeu, pelo contrário a humilhou a ultrajando quando disse em público que não trabalhavámos, me sinto envergonhado de saber que um elemento que poderia ser nosso representante na casa legislativa nos detonava. Foi por isto que a candidatura deste deputado foi fadada ao insucesso, e com uma tremenda cara de pau ainda tentou se reeleger, será que pensou que somos bitolados otários ou o quê? por outro lado sinto enorme orgulho de falar que sou policial militar de Goiás e ainda mais acredito que o Sr. Deputado maj Araújo vai lutar em prol dos milicianos, que até agora encontram-se desamparados politicamente, e também por um texto constitucional amarrado aos nossos pés proibindo a greve, neste ponto tenho uma sugestão de que seja criando um projeto para ser inserido na constituição estadual, uma lei obrigando o estado a definir e cumprir rigorosamente uma data base para aumento dos militares goianos, inclusive com pagamento de pesadas multas ao não cumprimento desta norma, ainda tem mais deputado com estes atrasos no nosso pagamento nunca tivemos a restituição devida dos dias de atraso, bem como este pagamento fracionado que o governador está pagando, se fizermos a conta, entre um pagamento da parcela e da outra certamente teríamos que receber a reposição dos juros dos dias que não recebemos, gostaria também de solicitar ao Sr. Deputado que fizesse uma visita intinerante aos quartéis de nosso Goiás escutasse nossos policiais sobre as deficiências de trabalho, salários, insatisfação com a política atual, e de levar ao conhecimento da caserna o que tem sido feito de sua parte para a aprovação de nossa PEC, e a da revisão da RIDE, que já completa quase dez anos sem reajuste. Muito Obrigado.

    ResponderExcluir
  9. OLÁ COLEGAS, SOU DO CBMGO,O IRMÃO QUE POSTOU O COMENTÁRIO ACIMA FALOU A PURA VERDADE, MAS ESQUECEU-SE DE FALAR DA BRUTAL CARGA HORÁRIA QUE SOMOS OBRIGADOS A CUMPRIR TODOS OS MESES,JUNTANDO A ESCALA, TEMPO DE DESLOCAMENTO ATÉ O LOCAL DE TRABALHO, MUITOS MORAM EM OUTRAS CIDADES,FORMATURA GERAL E SERVIÇOS EXTRAORDINÁRIOS,BOMBEIROS E POLICIAIS ESTÃO TRABALHANDO QUASE 300 HORAS MENSAIS, MAIS OU MENOS 12 HORAS POR DIA DURANTE OS 30 DIAS DO MÊS, É ISSO MESMO,AÍ VÇS PENSAM QUE ACABOU, MAS NÃO, DEVIDO A ESSE SALÁRIO VERGONHOSO, COM CINCO ANOS SEM REPOSIÇÃO, PARA QUE POSSAMOS TER UM MÍNIMO DE DIGNIDADE SOMOS OBRIGADOS A TER UMA ATIVIDADE PARALELA,ACABANDO COM O RESTINHO DE FOLGA QUE TEMOS.PEÇO AO DEP. MAJOR ARAUJO QUE OLHE COM CARINHO PARA O PROBLEMA, TODOS QUE CONVERSO ESTÃO DESMOTIVADOS, CANSADOS E ESTRESSADOS, NÃO AGUENTAMOS MAIS O CHICOTE DOS CORONÉIS, NÃO ESTÃO NEM AÍ PRA PRAÇA,SOMOS USADOS TODOS OS DIAS PARA INTERESSES POLÍTICOS PRA ELES. DEP. MAJOR ARAUJO ELABORE UM PROJETO DE LEI E O ENVIE A ASSEMBLÉIA PARA LIMITAR NOSSA CARGA HORÁRIA, PARA QUE NÃO FIQUEMOS MAIS NAS MÃOS DESSES CORONÉIS CARRASCOS, MOBILIZE A TROPA,CONVERSE COM O PREFEITO DE ARAGUAPAZ E ALTO HORIZONTE, SÃO PMS , VAMOS UNIR FORÇAS E COLOCAR UM PROJETO EM VOTAÇÃO.

    ResponderExcluir
  10. Sr. MAJOR, gostaria que o Senhor ou a sua assessoria disponibilizasse cópia da minuta do projeto de lei sobre o QOA das praças. É que tem muitos milicianos no interior do estado que gostariam de opinar sobre o tema e não tem a chance. sim porque temos carga horária pra puchar, família pra cuidar, dinheiro (salario) que não temos direito, enfim, nos ajuda aí. Olha se é verdade que teremos que concorrer com civis, não acredito que o Senhor conhecendo a realidade de um praça vai apoiar... Mas de qualquer maneira espero respostas. Obrigado

    ResponderExcluir
  11. Major Araújo, no Estado do Rio de Janeiro existe uma lei que isenta o PM,O BM e PCivil, do ICMS na compra de um carro popular, Sugiro envidar esforços para conseguir tal beneficio para o Policial Goiano UM Abraço João Batista de Rezende Cel PMRR

    ResponderExcluir
  12. Olá boa noite sr. Deputado foi revulacionári na estoria da nossa corporação este projeto de lei que de fato se concretizou com sua percistencia, de um homem publico,FICO FELEIZ DE SABER DE SUA COPENTEMCI NESTA LELISLATURA. SOU CABO j. ALVES Candidato a vereador no pleito eleitoral de 2012, pelo P.T.N. COLIGADO COM P.T DO B, conto com seu apoio, só assim vencemos as distorções do dia a dia, do direito de cada um, as mulheres merecem e pramimnfoi nota 10.

    ResponderExcluir