Justiça acaba de absolver Policiais Militares acusados de grupo de extermínio


Alison Maia – Jornalista Policial

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, acaba de absolver por 7 a 0, Tenente Gustavo e o Soldado Moreira, que pertenciam ao GPT de Aragarça e estavam presos acusados de participarem de um grupo de extermínio naquela região.

Ontem o mesmo jurado, em uma votação apertada de 4 a 3, decidiu pela condenação do Sargento Celson, que foi condenado a 19 anos e 10 meses de reclusão por homicídio duplamente qualificado.

O Deputado Estadual, Major Araújo, que foi testemunha do caso e desde que era Presidente da Associação dos Oficiais da PMGO acompanhava o caso de perto não conteve a emoção e na hora da leitura da sentença dos absolvidos chorou muito. E ainda com as lagrimas escorrendo nos olhos disse, “Em primeiro lugar, nada disso aconteceria se não fosse pela intervenção de Deus. Estou acreditando na Justiça goiana e a emoção nessa hora é muita!” disse o Deputado. Uma cena que jamais será esquecida por todos que se abraçavam e comemoravam a decisão da justiça e de seus jurados.

A história montada pelo Ministério Público, não convenceu o jurado e não conseguiu sustentar a denuncia de grupo de extermínio.

5 comentários:

  1. amigosdocabopaulino23 de março de 2011 18:06

    parabens a esses policiais e que deus os abençoem ,poque eu ja passei por essa mesma cituaçao e mesmo que tirar o mundo de cima de nossa cabeça.

    ResponderExcluir
  2. BOM RETORNO TENENTE GUSTAVO. SEJA BEM VINDO. ASPIRANTES 2007.
    SOFREMOS, E HOJE, DEUS MAIS UMA VEZ DEIXOU CLARO SUA FIDELIDADE PARA COM OS JUSTOS. TENENTE VIRGILIO.

    ResponderExcluir
  3. Angelo Messias (2º Sgt PM)24 de março de 2011 21:44

    O difícil na vida é isso! Traçamos nossos objetivos e decidimos ser PM por nossa convicção e amor à causa, porém no exercício da profissão somos tratados como um bandido quando atuamos em prol da sociedade, infelizmente para o ser humano isto é frustrante...E daí eu pergunto: algum magistrado terá a coragem de assumir o erro ao mandar nossos policiais para um presídio de segurança máxima? Algum deles fala em indenização? Lógico que não pois é a classe em que o corporativismo mais impera e ainda ficam chacoteando nossa gloriosa com estas investigações arbritárias e mirabolantes!Para eles é simplesmente mais um caso resolvido....

    ResponderExcluir
  4. Parabéns TEN GUSTAVO e Sd PM MOREIRA, bom retorno a vocês, estou satisfeito e sempre fui um defensor de vocês, pois conheço a dignidade de vocês. vamos torcer para que certo a todos os outros policiais acusados que estão presos injustamente.

    ResponderExcluir
  5. TEN GUSTAVO E SD DINIZ, É TRISTE DIZER ISSO MAS É A VERDADE, NOSSA PMGO ESTA NO FUNDO DO POÇO E O PESSOAL TA DESANIMADO. NÃO INVENTEM DE DAR O SANGUE NAO, VAO RECUPERAR O TEMPO PERDIDO, NOSSAS AUTORIDADES NOS QUEREM DESMORALIZADOS E O ESTADO NAS MAOS DOS BANDIDOS. VIVAM SUAS VIDAS INTENSAMENTE E SEJAM FELIZES. QUE DEUS OS ABENÇOEM E LHES FAÇAM JUSTIÇA.

    ResponderExcluir