Militares dos SIMVE denunciam e dizem que são do Regime CLT e seus direitos trabalhistas não estão sendo preservados.


19 comentários:

  1. Boa noite!!! no BPMTRAN está também ocorrendo tratamento degradante por parte dos oficiais especificando Ten GERALDO SYRIO que constantemente humilha seus subordinados não atentando para o ART 31 do estatutos dos militares assim peço que comente em seu programa estas ações inaceitavéis e inapropriadas agradeço

    ResponderExcluir
  2. Uma sacanagem o que estão fazendo com o pessoal do SIMVE. Sou policial há 15 anos e defendo a EFETIVAÇÃO do SIMVE como foi feito no estado de São Paulo. Precisamos de efetivo e quanto mais, MELHOR! Mais para isso precisa dar condições de trabalho, envia-los para suas cidades onde se escreveram e igualar os salários deles(SIMVE) igual de um efetivo. O governo de Goiás e MPGO precisa efetivar esses militares do SIMVE, pois já mostraram que são capazes da carreira policial militar e já fizeram milhares de prisões e apreensões. Comando de Policiamento da Capital (CPC), Comando do BPMTRAN e Ten GERALDO SYRIO queria ver o senhores trabalhar das 07:00 às 23:00 todos os dias sem alimentação, ganhando R$: 820,00 reais por mês e ainda morando em Aparecida de Goiânia, Anápolis, Luziânia, Rio Verde, Jataí, Caldas Novas e ter que deslocar todos os dias para Goiânia.

    Peso que todos os militares da PMGO, CBMGO e Polícia civil, que apoie o SIMVE e se mobilize e ajude esses GUERREIROS ao envia-los para suas cidades onde se escreveram.

    ResponderExcluir
  3. Sacanagem é o que estão fazendo com o pessoal que fez o concurso regular, e que até hoje nunca foram chamados, sendo que o concurso público é o ato mais importante da adm. publica.A PM não deve em hipótese alguma ser composta por temporários... despreparados, mal remunerados e de arma na mão. Polícia mal paga é polícia corrupta, infelizmente... Sou PM há 22 anos e sei que o cargo policial militar não deve ser preenchido por apadrinhamentos e nem mesmo por uma simples provinha de conhecimentos básicos primários. Além de cargo público, envolve vida de pessoas, segurança pública.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Engraçado a 22 anos atrás na PM a prova era mais fácil q a do Simve. Nivel d conhecimento da prova do Simve nivel totalmente mais elevado do q a prova de efetivo d 22 anos a traz. E o incrível é q as pessoas nas ruas so elogiavam os militares do Simve ate mesmo muitos PMS antigos d quase 30 anos viam isso. Acho q so porque o salario era ruim os militares do Simve eram corruptos isso vem do caracter da pessoa e não do valor ganho por ela. As vezes o q recebe menos é o q trabalha mais correto ao invés daqueles q recebem muito mais q ficam d olho grande e fazem besteira.

      Excluir
  4. isso e uma vergonha sou cidadao comum e apoio a contratacao desses temporarios melhor ainda o que se deveria fazer era efetiva-los pois houve uma queda grande na criminalidade pois enquanto os policiais mais velhos nao querem trabalhar esses militares do exercito estao mostrando que sabem fazer e melhor do que os que se dizem policiais militares ,,,,,,

    devemos nos mobilizar para que possao se tornar efetivo pois e o que goias precisava

    ResponderExcluir
  5. VERGONHA E COLOCAR MILITARES SIMVE NAS RUAS ARMADOS E DEPOIS MANDA-LOS PARA SUAS CASAS DESARMADOS CORRENDO RISCO DE VIDA A PONTO DE SEREM RECONHECIDOS, COMO UM ALUNO SIMVE HOSPITALIZADO NA TARDE DE ONTEM POR SOFRER EMBOSCADA NO MOMENTO DE FOLGA POR 5 HOMENS, QUE O RECONHECEU APOS UMA ABORDAGEM, ESPERO PROVIDENCIAS DO COMANDO OU DO GOVERNADOR (GRATO)ALSV...

    ResponderExcluir
  6. Venho através deste e-mail informar a situação onde se encontram os Policiais do SIMVE e como estão sendo tratados dentro da companhia de policia de Goiânia, onde o 1° Tenente QOPM Geraldo Syrio esta como responsável pela tropa.Jornada de trabalho excessiva (chegada ao local a 07:00 AM e com saída as 00:00, onde depois disso tendo que lavar as viaturas para serem liberados, sendo assim dispensados as 01:00 AM. No dia seguinte chegada as 13:00 PM e saída as 19:00 PM, com dispensa depois da entrega do armamento que dura mais ou menos 1 hora. Sendo que essas escalas estão sendo de segunda a sábado e não respeita o tempo de descanso da tropa. Escala sendo mudada com muita frequência).Como já havia citado anteriormente ao descanso da tropa esta sendo menor que as horas trabalhadas;Péssimas condições de trabalho;Armamento em péssimas condições, enferrujados ou estragados (CALIBRE 38) colocando assim em risco a vida dos policiais SIMVE;Sem celular funcional da viatura, onde os policiais SIMVE tem que usar o celular particular e sem reembolso dos gastos gerados;Alimentação por conta do policial SIMVE, sem apoio nenhum do auxilio do comando da PM;Escalas de serviço de 16 horas com folga inferior as 16 horas; Perseguição com quem passa mal em dia de trabalho e assim procura atendimento medico e leva atestado (quem esta de atestado medico é remanejado de escala e não pode falar nada apenas trabalhar horas excessivas);Ninguém esta trabalhando de coletes prova de balas;Não existe superiores para orientar os alunos SIMVE no estagio, exclusivamente para quem estão nas viaturas;O edital do concurso SIMVE previa 40 horas semanais trabalhadas, mas não esta sendo cumprida, sendo assim tendo uma jornada de trabalho de 66 horas semanais com apenas uma folga no Domingo; Não tem instalações para os alunos SIMVE como por exemplo alojamentos e banheiro (o mínimo que poderiam ter já que tem muitos alunos SIMVE que são de outras cidades), existem alunos que por falta de condições estão dormindo ao relento no batalhão de transito (BPMTRAN) um local que não tem condições de abrigar os alunos;Após o serviço entregam o armamento correndo o risco de vida, após patrulhar, executar flagrantes, prisões ou acompanhar infratores da lei, tem que saírem desarmados sem nenhuma proteção;Durante o curso até o estagio fizeram alguns eventos como: Jogos nos estádios e também participaram do Caldas Cowtry, onde são obrigados a trabalharem e sem nenhuma remuneração, já que esses serviços são remunerados a parte e não são obrigatórios e trabalhando acima das horas permitidas; O programa SIMVE foi instituído para apoiar o estudo quando começaram o estagio, mas desde o 03 foi impossível ir as aulas na faculdade, pois as escalas são extensas e o comando não libera os alunos SIMVE para os estudos, existindo uma barreira em relação a esse assunto; Receberam apenas um uniforme para uso diário no trabalho 6 vezes por semana, ficando quase impossíveis de serem lavados devido a escala excessiva; Compraram os matérias de uso como: cinto de guarnição, algemas, coldre entre outros para a maior segurança pessoal já que eles não oferecem;E a falta de respeito do 1° Tenente QOPM Geraldo Syrio, para com todos do SIMVE é muito grande fazendo perseguições e trabalho excessivo da tropa.Gentileza, gostaria que isso fosse investigado, pois todos merecem respeito e de terem um trabalho digno e com prazer. Essa situação não pode ficar assim, são homens de família onde a maioria tem família, esposas, filhos e não estão tendo o suporte necessário e o respeito para que possam também assim satisfazer não somente eles, mas as pessoas que estão por trás que ajudaram eles a chegarem onde estão eles também são merecedores de reconhecimento pelo trabalho que estão fazendo nas ruas em prol da população. Espero que seja feito a justiça a favor dos alunos SIMVE.

    ResponderExcluir
  7. O cara é PM a 22 anos e fica ai falando abobrinha....os temporários estão trabalhando bem mais ganhando menos e não precisaram de nove meses para aprender a marchar...a PM não prega essa desunião..... Acredito plenamente que são melhores pois se nota os resultados nas ruas.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. """Gestão de Segurança Privada Gsp""""
    Sr. Policial Militar, dirijo-me dessa forma, por respeito a sua profissão, a qual muito admiro, e pelo tempo de serviço no qual o Sr. presta a grande instituição que é a PMGO. Sobre os militares temporários oriundos do SIMVE, vejamos bem:
    - Há no SIMVE, Ex-militares do Exército que, antes de incorporados a PMGO, serviram em batalhões da Brigada de Operações Especiais, uma unidade ímpar no Exército Brasileiro. Lar dos Comandos, berço das Forças Especiais do Exército. Há Ex-militares do Exército que, serviram junto a unidades de Polícia do Exército, a onde aprenderam muito bem sobre como proceder em abordagens, condução, preparo e emprego voltados às atividades de Polícia. Temos soldados e soldados, como em qualquer instituição militar, há amadores e profissionais, há desinteressados, há quem executa de forma grande aquilo o que se propõe a fazer, e faz por amor, por vocação. A vibração que existe em muitos soldados oriundos das Forças Armadas é, em suma, única por sí só. É querer rachar o chão sempre que ouve a canção do seu batalhão, é bradar "BRASIL ACIMA DE TUDO" de corpo e de alma, é ter orgulho de servir ao seu país, a sua instituição formadora, seja o Exército, seja a PMGO, e eu tenho plena certeza que grande parte dos militares do SIMVE optaram por este, por vibração, por vontade de lutar e por amor ao uniforme, características ausentes em muitos concurseiros, que visam únicamente o soldo, a estabilidades e nada mais! No geral, os SIMVE's não são despreparados, principalmente quando comparados aos recém incorporados, vindos da "PAISANARIA",sou militar da ativa, da Polícia do Exército a quase 4 anos, possuo habilitação funcional para operar Fz 7,62 M964 e M964 A1, submetralhadora M9 M972, Espingarda Taurus PUMP - ST 12, pistola Beretta M975 e PT 638-taurus .380 ACP (curso específico) e Revolver-RT 838-taurus-calibre-.38 (curso específico). Tiro individual básico, tiro individual avançado e tiro Tático - stress Fire. Missões de Seg Aut, GLO e OCD. A formação da PMGO visa capacitar o soldado a PMGO, mas este, de uma forma generalizada, está, em momento algum despreparado! Não pergunte se somos capazes, dê nos a missão!!! BRASIL ACIMA DE TUDO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Amigão!!! me arrepiei!!! Falou bonito, pra calarem a boca daquele promotorzinho de esquerda que nunca teve a oportunidade de servir as forças armadas!!! e daqueles paisanos que não tem noção do que é um período de caserna até a formação! Parabens pelo comentário

      Excluir
  10. CREIO que o pessoal do simve tem muita competemcia para sair para as ruas deixem eles trabalharem

    ResponderExcluir
  11. O SIMVE SÓ TEM HOMENS PREPARADOS , POIS ENTÃO O QUE ESTARIÃO FAZENDO NAS FORÇAS ARMADAS SE NÃO FOSSEM COMPETENTES PARA TAL FUNÇÃO, HOMENS QUE JÁ PARTICIPARÃO DE DIVERSAS MISSÕES DENTRO E FORA DO PAÍS. QUEM CRITICA O SERVIÇO DO RESERVISTA NA PMGO, ENTÃO NÃO ACREDITA NAS FORÇAS ARMADAS, NÃO QUEREM SER MELHORES, SÓ CUMPRIR SUA MISSÃO.

    ResponderExcluir
  12. eu apoio o SIMVE sao mais policiais nas ruas reprimindo a vilencia APOIO TOTAL

    ResponderExcluir
  13. saudades de quando podíamos andar nas ruas de Goiânia e víamos os Policiais de Goias SIMVE nas ruas conversando com a população querendo saber em que podiam melhor quais áreas tinham mais ocorrências de assaltos, o que o estado fez com esse pessoal foi uma sacanagem, eles fizeram concurso, prova, Teste físico, prova de títulos, exames médicos caríssimos, matricula no curso de formação e o curso de formação, esses militares foram exonerados sem aviso prévio sem nada... com uma mão na frente e a outra atrás, eu torço pela reintegração sim desse pessoal, a população espera ansiosa, espero que a justiça seja feita, mas é dificil quando se trata de um pais governado pela atual politica, SIMVE APOIO TOTAL a população Goiana e do Entorno não esqueceu dos senhores.

    ResponderExcluir